Plano de Negócios

como montar um plano de negócio proposta

Em um esforço para tornar nossas vidas melhores e mais confortáveis, muitos de nós chegamos à conclusão de que deveríamos começar nosso próprio negócio. Trabalhar por conta própria é lucrativo, mas para atingir seus objetivos, um aspirante a empresário deve primeiro elaborar um como montar um plano de negócio. O que é e como escrevê-lo corretamente, você aprenderá com este material.

O conceito de um plano de negócios

Um plano de negócios é um guia passo a passo para que os empresários iniciem seus próprios negócios, os desenvolvam e ganhem renda. Tendo uma idéia nua, é impossível ter sucesso: um como montar um plano de negócio é necessário. Sobre esta questão, você pode recorrer a profissionais e comprar um documento pronto, mas na realidade, desenvolver uma estratégia por conta própria não é tão difícil.

O projeto geralmente inclui não apenas custos e receitas, mas também a alocação adequada de recursos, armadilhas, riscos e oportunidades, aspectos que afetarão o sucesso ou o fracasso da empresa.

Objetivo do plano de negócios

Com base no objetivo da estratégia comercial, o plano pode ter dois propósitos:

  1. Compilado para o investidor. Para atrair capital externo para financiar o projeto, será necessário um desenvolvimento lógico e claro de um plano de negócios. Cálculos competentes de investimentos e lucros, assim como perspectivas comerciais claras, devem persuadir o investidor a investir.
  2. Criado para você mesmo. A forma e o método de apresentação do plano, sua estrutura não importa, o principal é que ele seja compreensível para você. É importante compreender por si mesmo que uma instrução bem escrita já é metade do sucesso.

Tipos de como montar um plano de negócio

Com base nos objetivos acima de elaborar uma estratégia e os destinatários do plano, podem ser distinguidos os seguintes tipos:

interno – destinado apenas aos funcionários da organização, é uma instrução com despesas, propriedade, orçamento, etc;

externa – para agências governamentais, bancos, investidores, que de certa forma podem contribuir para o desenvolvimento de pequenas empresas.

Avaliação de oportunidades

Antes de começar a elaborar uma estratégia comercial, uma análise SWOT deve ser realizada, ou seja, para caracterizar os prós e contras da atividade, bem como as ameaças (riscos) e oportunidades. Se você souber como elaborar um como montar um plano de negócio, mas não tiver levado em conta todas as nuances, o benefício do trabalho realizado será mínimo.

  1. Pontos fortes – o que distingue sua atividade dos concorrentes. Talvez os melhores especialistas na área trabalhem para você, ou você tenha encontrado uma maneira de reduzir o custo do produto.
  2. Pontos fracos – o que está faltando para iniciar um negócio. Talvez você não tenha as instalações ou nenhum equipamento.
  3. Oportunidades – perspectivas que podem jogar em suas mãos. Por exemplo, você pode participar de uma competição e ganhar uma subvenção.
  4. Os riscos são fatores negativos que puxam as coisas para trás. Por exemplo, uma alta taxa de impostos, a necessidade de obter muitas licenças, e assim por diante.

Plano de negócios passo a passo

Tendo lidado com a teoria, recorremos à prática – respondemos à questão de como elaborar um plano de negócios, passo a passo, com instruções. O documento deve ser elaborado de forma clara e competente, e conter os seguintes elementos estruturais:

Resumo

A primeira e definidora parte da estratégia é o resumo. Ao compilá-lo, é preciso lembrar que é esta parte da estratégia que deve atrair o investidor, pois implica os principais pontos de informação do plano. Ele fala brevemente sobre seu negócio, seus objetivos, realizações, explica qual é o potencial de sucesso da idéia, enfatiza as vantagens de toda a estratégia. Apesar de o resumo ser a primeira parte do plano, ele é escrito depois que o resto dos elementos estiverem prontos. Um resumo não precisa ser escrito de forma bonita. Os investidores têm muita experiência e com um olhar rápido sobre o texto, eles entenderão imediatamente se vale ou não a pena. Esta é uma informação clara e concisa apresentada de forma concisa (até duas páginas), que o dedicará imediatamente ao projeto. O resumo foi elaborado para convencer os investidores de que o jogo vale a pena e que os lucros se seguirão imediatamente.

O resumo contém as seguintes informações:

dados sobre a empresa (o que ela faz, quem a fundou, quem a lidera, que sucessos foram alcançados, e outros, se necessário);

os objetivos fundamentais do negócio futuro;

os recursos necessários para a implementação do projeto (fundos de investidores, empréstimos);

os métodos que afetam a implementação e o sucesso do negócio;

plano e cronograma para a implementação do projeto, possíveis ajustes;

métodos e prazos para o retorno do investimento (montante emprestado), nível de lucro;

que efeito se espera que seja alcançado.

Metas

O objetivo da empresa significa o resultado específico que o empresário planeja alcançar. Ao estabelecer um objetivo, é importante notar a singularidade do caso, seus benefícios e vantagens para os consumidores. Não se esqueça do lado tecnológico do negócio, bem como do desenvolvimento posterior: indique que a empresa não irá a zero, mas irá gradualmente aumentar os lucros. Escrevemos mais sobre os objetivos docomo montar um plano de negócio  neste artigo .

Análise do mercado e da indústria

Uma questão importante é se este caso em particular deve ser aberto, se ele será demandado e promissor. As respostas a estas perguntas devem ser afirmativas. Você precisa convencer o investidor de que o mercado precisa de seu negócio, que o negócio irá preencher um determinado nicho e ser capaz de se tornar o líder nele.

Esta seção também deve delinear um retrato de um potencial comprador e dar previsões para o desenvolvimento da indústria no futuro.

About the author

André Silva

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com